Lenda de Pedrinho da Cachoeira





Seu nome era pedro, mas todos os chamavam de Pedrinho da Cachoeira já naquela época pois ele vivia na cachoeira brincando e fazendo barquinhos, seu pai morava perto de uma cachoeira e ele vivia lá... Sua mãe avia falecido a um bom tempo por uma enfermidade desconhecida, Pedinho não tinha amigos e vivia subindo as pedra e pulando nas águas da cachoeira, fazia muitos barquinhos de papel... Certo dia saiu para brincar na cachoeira mas notou que estava chovendo, não ligou e foi brincar, seu pai gritava lá de dentro:


-Pedrinho, venha pra dentro que está chovendo
- Pedrinho resmungava dizendo - Já vou!!!


Ele continuara a fazer seus barquinhos de papel, ele os adorava, soltava o barquinho e corrida atrás para pega-lo novamente, seu pai gritou que iria dormir já que Pedrinho não o obedecia... Pedrinho fez um barco muito bonito, a cachoeira já estava ficando forte e alta mas ele ignorou e continuou a brincar, soltou o barco que ele havia feito, porem o barco ficou preto num galho do outro lado da cachoeira e ele resolveu ir buscar, pulou de pedra em pedra, mas der repente a cachoeira ficou muito forte e houve uma tromba d'água que tapou todas as pedra menos a que ele estava, a água ia subindo e Pedrinho gritou:


-Paaaaaaai


Mas seu pai estava dormindo depois de se estressar com Pedrinho, ele até abriu os olhos mas achou que fosse mais uma brincadeira de Pedrinho e nem olhou pela janela, a água era muito forte e chegou aos pés de Pedrinho fazendo com que ele escorregasse e batesse de cabeça na pedra o fazendo desmaiar, a correnteza o levou para uma queda muito alta e assim ele morreu, por não obedecer seu pai... Seu pai acordou e viu que o céu já estava limpo, sem nenhuma nuvem, porem seu filho não estava lá fora, nem aqui dentro, ele só viu o barquinho que Pedrinho fizera e foi a única lembrança dele que seu pai Emanuel teria... Dias depois ele encontrou o corpo de Pedrinho que de agora em diante seria chamado de Pedrinho da Cachoeira,, Emanuel cuidava de um gado que teria acabado de sofrer uma epidemia e ele ficara sem dinheiro, se vendo em lamas e sem solução, se jogara cachoeira abaixo e ficara junto de seu filho no leito de morte, a partir daquele dia Emanuel seria chamado de Boiadeiro do Rio...

Nenhum comentário:

Minha lista de blogs