História do Zé da Esquina


Zé da Esquina sempre foi um homem muito humilde, não se sabe ao certo qual era o nome dele, ele nasceu na rua porque sua mãe era moradora de rua, um belo dia a mãe dele saiu para pedir comida e a espancaram até a morte, assim ele viveu sozinho nas ruas com medo de ser espancado ele nunca pediu nada a ninguém mesmo assim as pessoas davam comida para ele, assim ele foi crescendo... A partir dos 17 anos ele começou a usar suas palavras para fazer as amizades certas e as usou para  conseguir dinheiro com sua estrategias... Certo dia ele estava pensando quando passou uma moça e ela a achou muito linda e puxou assunto, falaram durante horas e se apaixonaram, alguns dias depois eles quiseram ter um namoro firme e ela apresentou ele a seu pai, porém o pai dela não gostou dele por ele ser morador de rua e porque ele usava muito a maconha... Era ensaio de carnaval da Imperatriz, ele gostava muito de samba e a escola dele era a Imperatriz mesmo... Ele estava indo para lá com sua namorada escondido do pai dela, ele sentiu uma coisa estranha no peito mas não levou a sério, quando chegaram em frente a escola um homem encapuzado sussurrou no ouvido dele:

-Hoje é o dia
- Ele disse - Que dia?
- Com um sorriso sarcástico no rosto o homem disse - O dia que ganharei meu pagamento

E com um movimento rápido o homem deu um tiro nele e correu, a moça tentou o socorrer mas era tarde... E foi a ultima vez que ele viu os portões da Imperatriz, A moça apanhou muito quando chegara em casa e seu pai a expulsou de casa, fora de casa ela teve que se prostituir para ganhar dinheiro, um belo dia ela foi assassinada pelo que fazia na rua e daquele dia em diante ela seria chamada de Malandra Maria Navalha das Almas e agora eles vivem juntos ajudando a todos que tem um amor proibido e diz ele que sempre desfila junto a Imperatriz, sempre na frente...

Nenhum comentário:

Minha lista de blogs